23 Feb, 2019 Última Actualização 6:32 PM, 22 Feb, 2019

Nomeado Portugueses de Valor 2019: Carlos Gomes

Visualizações: 138 times

 

 
Carlos Gomes teve, desde muito novo, de tomar as rédeas da sua vida. Quando ainda era uma criança, aos 12 anos de idade, ficou a viver sozinho em Viseu, depois de os pais e os irmãos partirem para a Suíça. Esta fase que durou até aos 17 anos acabou por marcá-lo para toda a vida. “É importante termos uma família para onde vamos chegar e mostrar os nossos resultados e partilhar o que nós fazemos, isso é muito importante. É muito mais interessante isso do que viver sozinho. Não gostei de viver sozinho”. Depois de ter terminado o curso de Economia, na Universidade Nova de Lisboa, Carlos Gomes ingressou no mercado de trabalho, iniciando a sua carreira no gabinete técnico do Banco Pinto e Sotto Mayor. Depressa deu nas vistas e passados apenas quatro meses foi transferido para a área comercial. Com 26 anos assumiu a função de sub-gerente do balcão da sede do Banco Pinto e Sotto Mayor.
 
Carlos Gomes acabou por trabalhar no Millennium BCP, que comprou o banco Pinto e Sotto Mayor, e mais tarde, no Banco Espírito Santo de onde saiu por vontade própria e foi então que criou o seu próprio projecto, o Deutsche Bank, com a constituição de quatro agências. Durante a crise financeira de 2008, provou que a adversidade faz, por vezes, a oportunidade e encontrou uma nova oportunidade de negócio na área da protecção do património e assim fez nascer, em 2010, a GoBusiness. “Quando a vida nos dá uma pancada nós temos sempre uma oportunidade para fazer melhor a seguir.”
 
Dedicado ao trabalho, nos negócios rege-se pela independência. É algo que este português de valor não abdica. “Já não me veria a fazer uma coisa em que eu não pudesse ter opinião independente, livre e não condicionada”. Carlos Gomes tem percorrido o mundo e tem percebido que existe um traço comum a todos os portugueses, onde quer que estejam, de onde quer que venham “a empatia faz parte do nosso ADN, nós gostamos de ajudar, gostamos de ser úteis, gostamos de nos misturar com outras pessoas em cada local e isso é um orgulho enorme”.