22 Sep, 2018 Última Actualização 7:00 PM, 21 Sep, 2018

Estudantes luso-descendentes premiados com Bolsas de Estudo

 

A cerimónia decorreu na Sala Eça de Queirós do Consulado Geral de Portugal em Paris e reconheceu o mérito de 12 estudantes com raízes portuguesas.

Pela quarta vez consecutiva, a Cap Magellan associou-se à Companhia de Seguros Império e premiou jovens que estudam português ou têm origens no país de Camões.

A Lusopress acompanhou a entrega das Bolsas de Estudo

Investigadores e estudantes portugueses no estrangeiro organizam debate em Bruxelas

 

Chama-se Nónio, inspirado pelo instrumento de medição inventado pelo matemático português Pedro Nunes e pretende reunir investigadores e estudantes universitários portugueses na Bélgica e Luxemburgo num encontro anual.

O primeiro debate organizado pela Associação APEIBELUX realizou-se no passado dia 6 de dezembro na Embaixada de Portugal em Bruxelas e focou-se no fenómeno da Fuga de Cérebros.

A Associação Portuguesa de Estudantes e Investigadores na Bélgica e Luxemburgo pretende seguir o exemplo de outras organizações espalhadas pelo mundo e representar os interesses da nova Diáspora qualificada da Comunidade Portuguesa.

O Sabor do Saber Alentejano

 

O Sabor do Saber Alentejano tem sido o porta-estandarte de uma casa que ocupa um lugar de destaque a nível nacional e internacional.

Sediada em Estremoz, no distrito de Évora, a empresa proporciona aos seus clientes o verdadeiro sabor dos produtos alentejanos.

Da simpática cidade estremocense para o mundo, a SEL potencia a identidade de uma região e coloca o nome de Portugal como uma referência além-fronteiras.

Associação Portuguesa apoia Théléton

 

Este ano os voluntários da organização tricotaram em peças de 10cm todo o comprimento da Avenida dos Portugueses em Paris, completando um total de 110 metros. Durante a noite várias voluntárias tricotaram na redacção da rádio e deram o seu contributo para esta acção de recolha de fundos.

No final venderam a Avenida de Portugal, uma da ruas da capital francesa, por um valor simbólico. Suzette Fernandes é vice-presidente da associação E3M e uma das parceiras desta iniciativa do Théléton.

Em entrevista à Lusopress explicou como surgiu a ideia de vender a Avenida dos Portugueses e de como este fundos podem ajudar pessoas que sofrem com doenças raras no seu tratamento e também investigação..

António Pí­faro trabalhou e contribui para o crescimento da empresa DSA criada por um português

 

António Pifero foi até ao Grupo luso-francês DSA, sediado em Massy, para entregar alguns papéis, mas foi surpreendido com uma recepção preparada pelos colaboradores da empresa. Durante 20 anos, o funcionário trabalhou e contribui para o crescimento da firma criada por um português em França e, na hora da despedida, o seu empenho foi homenageado. O momento emotivo foi partilhado com o Presidente da DSA, Arlindo dos Santos, que em entrevista à Lusopress sublinhou a importância deste colaborador.