20 Nov, 2018 Última Actualização 8:05 PM, 9 Nov, 2018

Castro Daire e Montévrain assinam Protocolo de Amizade

 

Castro Daire e Montévrain são agora Municípios irmãos. Portugal e França assistiram, uma vez mais, a uma união entre duas cidades, à semelhança de muitas outras estabelecidas. Foi na Mairie de Montévrain que teve lugar a assinatura do protocolo de amizade, momento testemunhado por franceses e portugueses. Foi um dia importante, que marca um novo começo para o municipio de Castro Daire.

O primeiro passo para a concretização da geminação foi a implementação de uma empresa francesa em Castro Daire. Echagroupe tem também origens portuguesas e está a concretizar um investimento de 3 milhões de euros na construção das instalações que irá empregar cerca de 20 pessoas. A geminação, mais do uma cooperação económica, pretende servir de instrumento na procura de soluções e na formação de uma solidariedade estratégica em diversas áreas.

ARCOP de Nanterre promove noite de fado com Tereza Carvalho

 

Não fugindo à sua essência, a associação Arcop de Nanterre continua a promover a cultura portuguesa, em terras gaulesas. Desta feita, organizou, em parceria com a Mairie de Nanterre, uma noite de fados. A artista da noite foi Tereza Carvalho, fadista que tem mostrado o seu trabalho em França, onde reside desde 2014. A poucos momentos de subir ao palco, revelou o que sempre a inquieta nesses instantes. A actuação teve lugar no salão municipal du Mont Valérien, e contou ainda com uma pequena actuação dos jovens da Arcop com cavaquinhos, concertina e viola.

Ferro Rodrigues inaugura exposição “Portugal e a Grande Guerra” no Consulado em Paris

 

A exposição “Portugal e a Grande Guerra” está agora em Paris, no Consulado de Portugal, depois de ter passado, por várias cidades. É uma iniciativa integrada nas comemorações de homenagem, aos soldados portugueses que participaram, na I Guerra Mundial. Esta mostra, foi organizada pela Assembleia da República, sob a coordenação científica da historiadora Maria Fernanda Rollo.

Foram explorados os factos mais marcantes da participação portuguesa, nesta guerra, e o seu impacto na vida política, social e artística em Portugal. O presidente da Assembleia da República Portuguesa, Eduardo Ferro Rodrigues, deslocou-se a Paris para presidir à cerimónia, de inauguração oficial da exposição. A exposição ficará patente ao público até 11 de Novembro, data em que se cumprem 100 anos, sobre o Armistício da Primeira Guerra Mundial.

Norgent-sur-Marne e Estrela do Mar ajudam a reflorestar a Figueira da Foz

 

Em 2017, os incêndios assolaram Portugal e destruíram as muitas paisagens que davam cor e vida ao nosso país. A reflorestação tornou-se necessária. O sentido de ajuda não tem fronteiras e, por isso, a Figueira da Foz conta agora com a colaboração de um município francês, com o qual tem estabelecida uma Carta de Amizade. Cerca de 32 mil pinheiros marítimos irão seguir viagem para o concelho figueirense, com o intuito de reflorestar as zonas queimadas, em Outubro do ano passado. Esta iniciativa e doação esteve a cargo da associação Estrela do Mar e da Mairie de Norgent-sur-Marne.

Natural da Figueira da Foz e também presidente da associação Estrela do Mar, Manuel Guardado sublinha que o principal objectivo é voltar a pintar de verde toda a zona afectada pelos incêndios. Antes da partida para Portugal, houve lugar uma cerimónia de entrega, de uma árvore simbólica. Estiveram várias autoridades locais de Norgent-sur-Marne, assim como o Vereador do Município da Figueira da Foz, Miguel Pereira, que salientou o projecto como um exemplo de união entre a comunidade portuguesa e francesa.

Saveurs du Portugal: Encontre Portugal em Achères

 

Em Achères, há um lugar que quando as suas portas se abrem, nos transporta sentimentalmente para Portugal. O cheiro, as cores, o ambiente e a simpatia fazem-nos crer que estamos em terras de Camões. É assim, que diariamente o supermercado Saveurs du Portugal se apresenta aos seus clientes, proporcionando os melhores produtos nacionais. Aqui, através de produtos portugueses, é possível matar as saudades do nosso país, através do paladar. Este projecto foi pensado e construído por Ramiro Alves. Emigrado desde os 12 anos, viu no sector do comércio um sonho a alcançar.